Big Tesouro Direto Brasil: março/2019

Olá!!! Como estão? Estou voltando de férias, por isso o pequeno atraso em nosso investimento mensal, mas vamos lá!

Segundo o meu planejamento, neste mês serão destinados R$ 100,00 para o Tesouro Selic.

Entrei no site da Rico (http://www.rico.com.br) e fiz meu login. Na tela inicial, cliquei em Tesouro Direto no menu do lado esquerdo:

Apareceram os títulos disponíveis para compra, escolhi o primeiro – Tesouro Selic 2025 – e cliquei no carrinho de compras:

Surgiu a tela para inclusão do valor da compra ou fração do título. Ao digitar R$ 100,00, automaticamente o site muda o valor do investimento para R$ 99,81, correspondente à fração de 0,01 do título em questão:

Digitei minha assinatura eletrônica e cliquei em “comprar”. A seguinte tela apareceu, confirmando a compra:

Vamos aproveitar para dar uma olhada como estão as aplicações dos meses anteriores? Veja só:

Olha que interessante: nosso investimento de janeiro no Tesouro IPCA+2024, de R$ 49,73 está valendo R$ 50,70. Já nosso investimento de fevereiro, no Tesouro Prefixado 2022, de R$ 48,50 está valendo R$ 48,34.

“Nossa, Fernanda, você está perdendo dinheiro no Tesouro Direto, então?” Eu amei que isto aconteceu, pra você poder visualizar na prática o que está acontecendo. Vou explicar:

Eu já falei algumas vezes aqui no blog, e devo repetir, que a rentabilidade contratada junto ao Tesouro Direto somente é entregue na data do vencimento do título. Assim, meu investimento no Tesouro Prefixado 2022 está sim rendendo os juros contratados no momento da compra, ou seja, 7,61% ao ano.

Portanto, se eu ficar com este título até o vencimento (01/01/2022), receberei o que eu apliquei mais 7,61% ao ano. Tudo certo!

O que acontece é que existe a possibilidade de venda antecipada desse título, ou seja, eu posso resgatar o valor que eu investi antes do vencimento, a qualquer momento. MAS, para fazer isso, eu terei que me contentar com o preço que o título estiver valendo na data do resgate. Se fosse hoje, eu amargaria, sim, um prejuízo.

Você pode estar pensando: “mas então, o contrário pode ocorrer também?”. Sim, dependendo da variação diária dos preços do títulos, pode ser que, em um determinado dia, o seu investimento esteja rendendo mais do que a taxa contratada e seja mais interessante o resgate antecipado do que o carregamento do título até seu vencimento. Em razão disto, há pessoas que fazem gestão ativa de títulos públicos, comprando-os e vendendo-os antes de seus vencimentos, justamente procurando essas “oportunidades”. Entretanto, não é o meu propósito com o projeto BTDB.

Espero que tenha ficado claro. Qualquer dúvida, pode me contatar 😉

Até a semana que vem!

2 comentários em “Big Tesouro Direto Brasil: março/2019

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s